Força Nacional ajudará Funai a proteger indígenas Kawahiva

Força Nacional atuará nas atividades 'imprescindíveis à preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado'

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Credit...Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo, em Mato Grosso. A portaria prevendo a medida como apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai) foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta (12).

Segundo a portaria, a Força Nacional atuará nas atividades e serviços "imprescindíveis à preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado". A medida valerá por 30 dias, podendo ser prorrogada se necessário.

Isolados

Segundo a Funai, a Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo tem 411.844 hectares e é habitada por indígenas isolados. No caso, os Kawahiva (Tupi-Kawahib), do tronco linguístico Tupi da família Tupi-Guarani.

A cobiça de não indígenas pela região motivou, por anos, ações da Funai no sentido de proteger e conservar a área. A presença da Força Nacional se fez necessária após a intensificação de conflitos na região.

De acordo com a portaria, o contingente a ser disponibilizado será definido a partir de planejamento da Diretoria da Força Nacional, vinculada à Secretaria Nacional de Segurança Pública. (com Agência Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais