Em Salvador, policial militar faz disparos para cima, ameaça população, e é baleado (VÍDEO)

Segundo a Polícia Militar (PM), homem apresentava descontrole emocional e fez disparos para cima. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele

Folhapress / Alexandre Campbell
Credit...Folhapress / Alexandre Campbell

A Bahia acompanhou pelas redes sociais o caso de um policial militar que apresentou surtos psicóticos e fez disparos (para cima) com sua arma na tarde desse domingo (28), na região do Farol da Barra, em Salvador.

Identificado como Wesley Soares Góes, o policial era noivo e trabalhava na 72ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) havia pelo menos quatro anos.

Mais cedo, a polícia informou que o homem estava com o rosto pintado nas cores verde e amarelo e apresentava descontrole emocional. Equipes do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) atuaram na negociação.

Nas redes sociais, é possível ouvir o momento em que diversos tiros são feitos. O policial foi baleado após disparar com fuzil contra guarnições do Batalhão de Operações Policiais Especiais.

Posteriormente, o Bope confirmou que o Wesley Soares foi baleado após 3h30 de negociação. Ele foi socorrido e levado para uma unidade médica de Salvador. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele.

Em nota, a secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) informou que o soldado apresentou um surto psicológico. O homem passou a tarde caminhando no entorno do Farol da Barra.

De acordo com o órgão de segurança pública, além dos tiros de fuzil, o soldado arremessou grades, isopores e bicicletas, no mar.

Aproximadamente às 18h35, o soldado teria falado que havia chegado o momento, fez uma contagem regressiva e iniciou os disparos contra as equipes do Bope. Após pelo menos dez tiros, o soldado foi neutralizado e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).(com agência Sputnik Brasil)