Ex-governador Iris Rezende morre aos 87 anos

Corpo de Iris Rezende será velado no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, e o sepultamento será às 17 horas no cemitério Santana. Ele sofreu um AVC hemorrágico

Arquivo/Agência Brasil
Credit...Arquivo/Agência Brasil

Morreu aos 87 anos, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, o ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende. Ele estava em tratamento de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que o acometeu desde o dia 6 de agosto.

Seu corpo será velado no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, e o sepultamento será às 17 horas no cemitério Santana. A morte do ex-governador foi confirmada há pouco em seu perfil oficial no Twitter.

 

 

Rezende foi intubado no último sábado (6), para tratar de uma infecção pulmonar.

A internação teve início em agosto em Goiás, assim que teve o AVC hemorrágico diagnosticado depois de sentir dores de cabeça, o ex-governador foi submetido a uma cirurgia no dia 6 de agosto, no Instituto Neurológico, procedimento que foi "bem sucedido", segundo os médicos e uma nota de esclarecimento divulgada pela família do político.

No dia 10, uma outra nota informou que ele chegou a ser entubado, mas que teria apresentado "melhora no quadro geral", demonstrando "níveis de consciência", respondendo a comandos. Ainda segundo a nota, as funções de outros órgãos continuavam "normais".

Após uma "forte infecção", Rezende foi novamente submetido a uma entubação no dia 6 de novembro.

Diante da notícia de sua morte, a prefeitura de Goiânia decretou, hoje (9), luto oficial por sete dias. "O Brasil perde um de seus notáveis líderes políticos, com dedicação ao país nos postos de ministro da Agricultura e da Justiça em diferentes épocas. Ao Estado de Goiás serviu como Senador da República e como governador por dois mandatos. Em Goiânia, onde sua missão política começou e se encerrou, foi o vereador mais jovem da história da cidade e, também, eleito quatro vezes prefeito da capital. Iris inspirou a tantos e fará falta a muitos", afirmou, na nota, o prefeito Rogério Cruz. (com Agência Brasil

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais