MUNDO

Itália pede união para superar desafios climáticos e energéticos

País, através de Pichetto, defendeu a entrada da Índia na AIE

Por JB INTERNACIONAL
[email protected]

Publicado em 14/02/2024 às 14:22

. Martine Perret/ONU Meio Ambiente

O ministro do Meio Ambiente e Segurança Energética da Itália, Gilberto Pichetto, afirmou que o país é "definitivamente a favor" da entrada da Índia na Agência Internacional de Energia (AIE), além de ter pedido união da organização para superar desafios climáticos e energéticos.

De acordo com o político, um dos principais objetivos da agência, que completará 50 anos, é "ampliar" o número de países que fazem parte do grupo.

"A Índia representa quase um sexto da população mundial e é um dos países que mais cresce", comentou Pichetto.

"As questões que são abordadas no dossiê da AIE dizem respeito a quase todas as questões da presidência italiana", acrescentou o político, que também citou as "energias renováveis" e os "minerais críticos".

Em suas declarações, Pichetto ainda mencionou que a Itália é "parte integrante" do processo de "investigação e experimentação" da energia nuclear, além de definir que enfrentar as alterações climáticas é um caminho "muito exigente".

"A Itália persegue esse caminho, tentando combinar as importantes metas de descarbonização para 2050 com as necessidades cada vez mais urgentes de segurança energética. Para que os desafios das alterações climáticas e da segurança energética sejam enfrentados em conjunto, é igualmente importante que a abordagem global prossiga uma transição energética justa e inclusiva", concluiu. (com Ansa)

 

Tags: