MUNDO

Incêndios florestais no Chile matam mais de 50; Papa reza. Foto impressionante mostra carros queimados; veja

Por JB INTERNACIONAL
[email protected]

Publicado em 04/02/2024 às 12:47

Alterado em 04/02/2024 às 12:47

Vários automóveis queimados por extensão de incêndio florestal Foto: reprodução

Ao menos 51 pessoas morreram em decorrência dos grandes incêndios florestais que estão devastando as regiões do centro e sul do Chile, anunciou o subsecretário do Interior, Manuel Monsalve, neste domingo (4).

Com a situação, o presidente chileno, Gabriel Boric, sobrevoou as áreas afetadas e decretou estado de emergência na tentativa de reunir "todos os recursos necessários" para conter o fogo.

Ele ainda reforçou que o número de vítimas pode aumentar.

Além disso, as autoridades locais impuseram um toque de recolher obrigatório a partir das 21h (horário local) para permitir o acesso de abastecimentos de combustíveis de emergência, nas zonas afetadas.

Os incêndios, porém, continuam a avançar, principalmente devido às condições climáticas e apesar dos esforços das equipes de combate aos focos. Cerca de mil casas foram danificadas e 46 mil hectares de vegetação queimados.

Diversos locais iniciaram evacuações de pessoas em uma operação ordenada pelas autoridades chilenas no âmbito da emergência resultante do estado de catástrofe.

Entre os incidentes mais graves registrados nas últimas horas por causa das chamas estão a explosão de um depósito de gás em Viña del Mar, acompanhada de múltiplas explosões, e a destruição da fábrica de tintas Tricolor e de fábricas de produtos químicos próximas, em El Salto e Viña del Mar.

Hoje, durante a oração do Angelus, no Vaticano, o papa Francisco rezou pelas vítimas dos incêndios no território chileno. "Rezamos também pelos mortos e feridos dos incêndios devastadores que atingiram o centro do Chile", apelou. (com Ansa)

Tags: