Calendário de 2021 do futebol brasileiro será mistura de sprint e maratona

O ano de 2021 terá muitas competições, jogos para todo lado e a desorganização típica do futebol brasileiro

...
Credit......

Quem quiser elogiar o futebol brasileiro pode apontar diversos fatores, mas com certeza um deles não será o planejamento de datas. E o ano de 2021 vai escancarar nosso péssimo calendário ainda mais. Com o difícil ano de 2020 parando as competições por meses, era óbvio que críticas nesta temporada seriam injustas.

Mas para 2021 ajustes precisavam ser feitos. Não foram.

Tudo ao mesmo tempo agora
O Campeonato Brasileiro de 2020 acabará no dia 24 de fevereiro, já que ele começou apenas em agosto, mais de três meses depois do habitual. Normal. O problema é que os estaduais irão começar apenas quatro dias depois, fazendo com que os clubes ou coloquem seus jogadores em uma competição sem ter férias ou então escalem o sub-20 (ou sub-23) para encarar os rivais regionais.

Entretanto não há muita escapatória porque a Copa do Brasil, fundamental para os clubes por causa de suas altas premiações, começam no dia 10 de março, e ainda há a Supercopa do Brasil também no dia 10 de março, a Copa Libertadores que começa para os times brasileiros (a chamada Pré-Libertadores) no dia 2 de março.

Toda essa maratona terá um ponto-chave no meio do caminho que é o Brasileirão, no dia 30 de maio, e suas 38 rodadas até 5 de dezembro. Aqui vale comparar que o Campeonato Inglês e Espanhol também tem 38 rodadas, mas a temporada começa em setembro e vai até maio, totalizando oito meses. Pouco mais de seis meses.

Para os apostadores todas essas competições são ótimas. Quem abrir o Esporte Bet Brasil terá opções o ano inteiro e com os clubes priorizando uma competição ou outra, isso gera odds [probabilidades] díspares e possibilidades sensacionais. Os retornos podem ser interessantes.

Por exemplo, o apostador que notar que um time grande deixará o Estadual de lado para disputar outras competições ou até dar descanso para seus craques, pode apostar em um rival que não é tão visto pelo público em geral.

A seleção deixa tudo pior
A CBF é a organizadora do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, e as federações tocam os estaduais. Isso difere dos principais países europeus, onde a Confederação só cuida da seleção nacional e ligas organizadas pelos clubes gerenciam as competições.

Essa diferenciação já é alvo de críticas há anos, mas o mais estranho é como a CBF não se preocupa em proteger seus clubes e competições. Afinal, a Copa América e as Eliminatórias para a Copa de 2022 serão disputadas em datas concomitantes com todas as competições citadas acima.

Ou seja, mais uma vez terá embates entre clubes e a seleção pela liberação de atletas, já que estes são pagos pelo clube e podem perder jogos decisivos para jogar partidas de pouca importância. A separação de Datas FIFA no calendário é justamente para evitar esses choques, mas não é respeitada no Brasil.

Mais um detalhe  que vale para apostadores mais experientes e estudados: um jogo da seleção pode desfalcar seriamente as melhores equipes, que precisam enviar seus principais jogadores. Esses desfalques podem transformar uma vitória em empate ou até derrota. Vide os anos de Neymar no Santos, quando o time chegava a perder seu craque por metade do Campeonato Brasileiro, tirando as chances do Santos na competição.

O ano de 2021 será uma loucura
Com o começo tardio da temporada 2021, depois do ano de 2020 se estender além de dezembro, e em 2021 nenhuma competição ser cortada ou limitada, o que teremos será uma loucura completa.

A importância de um elenco grande será ainda maior, e veremos vários clubes abrindo mão de competições para poder manter algum objetivo intacto. Lesões de jogadores importantes também serão comuns, afinal o montante de viagens, jogos e torneios não é algo viável para manter o físico em dia. Com isso a qualidade do jogo e o produto apresentado pode cair.

Quem gosta de futebol ou de dar seus palpites no esporte mais popular do mundo terá opções das mais variadas. Pelo menos isso.