Morre Lydia Gueiler, primeira mulher presidente da Bolívia

Lydia Gueiler Tejada, primeira mulher presidente da Bolívia (1979-80), morre nesta segunda-feira aos 89 anos, informou a família.

Gueiler, protagonista da revolução nacionalista de 1952, encabeçou um governo democrático provisório que foi derrubado por um golpe militar em julho de 1980 pelo general Luis García Meza, atualmente detido em uma penitenciária de segurança máxima de La Paz.