Raúl Castro substitui Fidel na liderança comunista cubana

HAVANA - O presidente de Cuba, Raúl Castro, substitui a partir desta terça-feira o irmão Fidel na liderança do Partido Comunista (PCC), concentrando todos os cargos da cúpula do poder, segundo a eleição realizada pelo partido, exibida ao vivo pela televisão local.

O primeiro vice-presidente cubano, José Ramón Machado, de 80 anos, foi eleito número dois de Raúl Castro no PCC.

Fidel Castro assistiu ao encerramento do VI Congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC), depois de ter deixado a chefia máxima da instituição. Vestido de terno azul escuro, Fidel, de 84 anos e aposentado do governo desde julho de 2006, entrou apoiado por escoltas no plenário do Congresso, onde foi recebido com um estrondoso aplauso.

Fidel confirmou sua renúncia à liderança máxima do Partido Comunista de Cuba (PCC), seu último alto cargo político, ao pedir para ser excluído do Comitê Central, principal órgão da formação, em um artigo publicado nesta terça-feira.

Fidel Castro, 84 anos, ocupava o cargo de primeiro secretário do Comitê Central do PCC - o principal no regime comunista - desde a criação do partido, o único legal em Cuba, em 1965.