Militares matam dois manifestantes no Iêmen

SANAA - Duas pessoas morreram e nove ficaram feridas em ação dos militares iemenitas contra manifestantes nesta sexta-feira, em Semla, a 170 km de Sanaa, anunciaram os rebeldes xiitas.

"Dois manifestantes morreram e nove ficaram feridos em consequência dos tiros dos soldados que estavam em um posto militar para controlar uma manifestação que exigia a saída do presidente Ali Abdullah Saleh", declarou uma fonte da oposição à AFP.

A rebelião zaidita (uma ala do xiismo) no norte do Iêmen se uniu ao movimento de protesto do país que exige a queda de Saleh, que está no poder há 32 anos.