Nova Zelândia: Christchurch sofre onda de saques após terremoto

CHRISTCHURCH - A polícia da Nova Zelândia está surpresa com a onda de saques a residências em Christchurch, após o terremoto que devastou a cidade e deixou mais de 100 mortos no início da semana.

Criminosos que se fazem passar por socorristas e utilizam, inclusive, falsos veículos oficiais, estão vasculhando residências para roubar objetos de valor.

"Vão de casa em casa e tentam entrar, principalmente nas residências de maior valor", declarou o policial Russell Gibson à Rádio New Zealand. "Estou realmente enojado com esta gente, que vê a tragédia como uma oportunidade para se aproveitar de pessoas vulneráveis", acrescentou.

A polícia destacou que vai reforçar a presença de militares nas ruas de Christchurch, onde já vigora o toque de recolher.