Ataques de pistoleiros deixam 18 mortos no nordeste do México

MÉXICO - Uma série de ataques no estado mexicano de Tamaulipas, que faz fronteira com os Estados Unidos, deixou 18 mortos.

O governo de Tamaulipas, cenário de uma disputa de cartéis do narcortráfico, informou que os ataques aconteceram na localidade de Padilla, onde foram assassinados cinco habitantes do município, cinco pessoas que transitavam em um veículo e uma pessoa que viajava de ônibus.

Além disso, sete corpos foram deixados na praça central de Padilla. Também foram registrados ataques contra as sedes da prefeitura, uma delegacia e um tribunal.

A localidade, de 15.000 habitantes e situada 300 km ao sul da fronteira com os Estados Unidos, sofre com os tiroteios quase diários entre grupos criminosos.