Bandidos roubam dinheiro de viagem da presidente Cristina Kirchner

Ladrões em uma moto roubaram, em Buenos Aires, um empregado da Presidência que levava uma alta quantia de dinheiro destinada à viagem que a presidente Cristina Kirchner fará na noite desta quinta-feira a Kuwait, Qatar e Turquia, informou à AFP uma fonte policial.

"Isto (o roubo) foi no dia de ontem (quarta-feira). Houve uma denúncia deste tipo", disse uma fonte do posto policial da capital argentina onde foi colhido o depoimento do funcionário assaltado, sem dar outros detalhes.

Segundo a emissora de televisão, no momento do roubo, ocorrido na tarde de quarta-feira no bairro de Palermo, em Buenos Aires, o funcionário tinha em seu poder 68.000 dólares e 17.000 euros, um montante destinado aos gastos do avião presidencial Tango 01 no qual viajará Kirchner.

Os ladrões, que circulavam em motocicleta, apontaram uma arma na cabeça do funcionário e levaram a bolsa onde estava o dinheiro, acrescentou a fonte.

A presidente estava na tarde desta quinta-feira em sua residência na cidade de Olivos (periferia norte de Buenos Aires) e está previsto que inicie sua viagem à noite, informou à AFP uma fonte da presidência, que não confirmou, nem desmentiu o assalto.

jos-ol/mvv