Barco com ativistas judeus zarpa do Chipre rumo a Gaza

Famagusta, Chipre, 26 Set 2010 (AFP) -Um barco com uma dezena de ativistas judeus israelenses, europeus e americanos a bordo zarpou este domingo do porto de Famagusta, norte do Chipre, rumo à Faixa de Gaza para romper simbolicamente o bloqueio estabelecido na região pelas forças de Israel, constatou um jornalista da AFP no local.

"É um dever simbólico para mim, como sobrevivente (da Shoa) protestar contra a perseguição, a opressão e o enclausuramento de tanta gente, inclusive mais de 800 mil crianças, em Gaza", explicou à AFP Reuven Moshkovitz, de 82 anos, um dos passageiros.

O barco, chamado Irene, é um veleiro de bandeira britânica. O trajeto para Gaza deveria durar, teoricamente, 36 horas.

"Temos uma estratégia de não violência e de não confronto. Se o exército israelense interceptar o barco, não os ajudaremos a levá-lo ao porto (de Ashdod)", disse Yonatan Shapira, ex-soldado israelense e membro da tripulação.