Corpo de Lênin deveria sair da Praça Vermelha, diz Gorbachev

REUTERS

MOSCOU - O corpo embalsamado do líder revolucionário Vladimir Lênin deveria ser retirado da praça Vermelha e enterrado conforme o desejo da família dele, afirmou o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev nesta quarta-feira.

Lênin comandou a revolução bolchevique de 1917 para fundar o primeiro Estado comunista do mundo, que durou 74 anos, até que, sob a liderança de Gorbachev, a União Soviética esfacelou-se.

O revolucionário morreu no dia 21 de janeiro de 1924 e, mesmo com o desejo de seus parentes, o corpo dele foi embalsamado e colocado em um mausoléu na Praça Vermelha, ao lado dos muros do Kremlin. O corpo de Lênin continua a ser exibido ao público.

Alguns afirmam que os fantasmas da União Soviética deveriam ser afastados de uma vez por todas e que o corpo de Lênin, um ateu, deveria ser enterrado da forma apropriada.

- Minha opinião é a seguinte: nós não deveríamos, agora, nos preocupar com a abertura de covas. Porém, necessariamente, chegará o momento em que o mausoléu terá perdido seu significado e em que enterraremos Ilych (como também era conhecido Lênin), em que daremos o corpo dele à terra, conforme desejava a família dele - afirmou Gorbachev a repórteres.