Para Sarkozy, solução para Tibete passa por diálogo com Dalai Lama

Agência EFE

LONDRES - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse nesta quarta-feira no Parlamento britânico que a solução para as tensões no Tibete passa por 'um verdadeiro diálogo' entre as autoridades de Pequim e o Dalai Lama.

Em discurso diante das duas câmaras do Parlamento britânico - Comuns e os Lordes -, Sarkozy assegurou que França e Reino Unido precisam insistir nesta posição.

O presidente francês, que realiza visita oficial ao Reino Unido, não descartou ontem a possibilidade de um boicote à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim. Ele também pediu "responsabilidade' às autoridades chinesas no Tibete.

O porta-voz do Governo francês, Luc Chatel, disse nesta quarta que Sarkozy decidirá em função da 'evolução da situação' se receberá o Dalai Lama na visita do líder tibetano à França, prevista para agosto.