Vídeo faz prostituta pivô de escândalo em NY perder US$1 milhão

REUTERS

LOS ANGELES - A prostituta Ashley Alexandra Dupre, pivô do escândalo que derrubou o governador de Nova York Elliot Spitzer, viu o preço da sua repentina fama cair em 1 milhão de dólares na terça-feira, por causa do surgimento de velhos vídeos sensuais. A distribuidora de filmes eróticos 'Girls Gone Wild' descobriu em seus arquivos vídeos em que Dupre, agora com 22 anos, aparece seminua, e pretende vendê-los em seu site, segundo um funcionário.

A 'Girls Gone Wild' havia oferecido 1 milhão de dólares para que Dupre posasse nua numa revista ainda a ser lançada, mas voltou atrás após descobrir o material antigo. Spitzer renunciou na semana passada ao governo de Nova York depois da revelação de que ele havia se envolvido com prostitutas de luxo em Washington. A equipe da 'Girls Gone Wild' encontrou Dupre em 2003 em Miami e passou uma semana gravando vídeos dela, segundo o funcionário da distribuidora.