Papa diz que o inferno existe

Agência EFE

CIDADE DO VATICANO - O papa Bento XVI afirmou que o inferno existe e não está vazio, ao contrário do que seu antecessor, João Paulo II, dizia.

Em um encontro que marca o início do período da Quaresma, o papa mandou um recado para os católicos, dizendo que a salvação não é imediata nem chegará a todos, de acordo com o jornal La Repubblica.

No ano passado, ele já havia afirmado que "o inferno, do qual se fala pouco nestes tempos, existe e é eterno", ressaltou o site do jornal El País. Em 1998, João Paulo II esclareceu conceitos sobre céu, inferno e purgatório. Para ele, o inferno não era um local, mas "a situação de quem se afasta de Deus".