Tempestade tropical Noel deixa quatro mortos no Haiti

Agência EFE

PORTO PRÍNCIPE - A tempestade tropical Noel deixou pelo menos quatro mortos no Haiti e inúmeros danos materiais. O primeiro-ministro haitiano, Jacques-Edouard Alexis, pediu que a população abandone as áreas de risco de inundações e deslizamento de terras.

Também anunciou a mobilização de seu governo e um orçamento de mais de US$ 1,5 milhão para ajudar as vítimas da tempestade.

Noel castigava nesta terça-feira, com chuvas contínuas e ventos superiores a 90 km/h, as regiões do Nordeste de Cuba, depois de deixar a República Dominicana.

As intensas chuvas deixaram sem comunicação o município do extremo Leste de Cuba, na província de Guantánamo, de acordo com informes da Defesa Civil.

Em sua passagem pela República Dominicana, Noel deixou pelo menos 11 mortos, 13 desaparecidos e dezenas de comunidades isoladas, segundo a Comissão Nacional de Emergências (CNE) desse país.