ONU vota contra embargo dos EUA a Cuba pela 16ª vez seguida

Agência EFE

NOVA YORK - A Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) votou em peso nesta terça-feira para pressionar os Estados Unidos a suspender o embargo de quatro décadas contra Cuba. A resolução foi acatada pela assembléia pelo 16º ano consecutivo.

A resolução, intitulada de 'necessidade de encerrar o embargo econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América a Cuba', foi aprovada por 184 votos a favor, quatro contra e uma abstenção.

A medida não teve nenhum impacto na política americana dos últimos anos. Na semana passada, o presidente George W. Bush rejeitou qualquer relaxamento das sanções sem que haja uma transição democrática completa no país.

Segundo ele, a amenização das sanções apenas incentivaria a permanência no poder do governo comunista da ilha.