EUA: urso-negro é visto na periferia de Washington

Agência AFP

WASHINGTON - Um urso-negro que a polícia de Maryland tenta capturar há vários dias, vem sendo visto em vários jardins e quintais da periferia de Washington, desde o primeiro alerta e a população local vem recebendo o seguinte conselho: "se virem um urso em seu jardim, não se assustem, não se aproximem (...). Evitem olhá-lo nos olhos".

- Deve ser um jovem que procura um local para se instalar - explicou Harry Spiker, especialista em ursos do serviço de proteção à vida selvagem de Maryland. "Limpem os restos do churrasco do quintal", recomenda a polícia. Se virem um urso, "mantenham a calma, não corram (...), falem com ele com voz calma e segura. Fiquem sempre de frente e retroceda".

Os ataques a humanos por parte de ursos-negros são muito raros. Nunca houve um caso deste tipo no estado de Maryland.

Semana passada, um menino de 11 anos morreu, no entanto, vítima de um animal deste tipo no camping de um parque natural de Utah. O urso foi abatido em seguida.

Maryland conta com entre 500 e 600 ursos-negros que às vezes se aventuram a zonas urbanas, atraídos pelo odor do lixo ou dos alimentos deixados no quintal das casas.

Com um tamanho médio que varia entre 1,3 m e 1,8 m, o animal é menor que seu parente, o urso-pardo. As fêmeas pesam aproximadamente de 60 a 70 kg, enquanto os machos pesam entre 130 kg e 150 kg.

Na tarde de quarta-feira a polícia recebeu um primeiro alerta sobre a presença de um urso no quintal de uma casa de Rockville. O telefonema foi seguido de outros dois.

Os agentes florestais se dirigiram ao local, mas perderam de vista o animal, observado novamente na manhã de quinta-feira em Bethesda e, ao meio-dia, em Potomac - comunidades da periferia de Washington, segundo os serviços encarregados da proteção à fauna local.

Como são onívoros, os ursos-negros americanos se alimentam de frutas silvestres, raízes, assim como de peixe, carniça e insetos.

Se houver comida suficiente disponível, eles podem comer até 20 kg por dia. Antes da hibernação, chegam a engordar 2,5 kg por dia.

Os ursos-negros são considerados solitários, vagueando por um território fixo. As fêmeas grávidas e os machos de regiões mais frias hibernam por um período de até sete meses.

Quando é atacado, o urso-negro distribui vigorosos golpes com as patas. No entanto, ele geralmente é um dos mais pacíficos entre os grandes ursos.

Como é um escalador ágil, devido às garras afiadas, normalmente procura refúgio no alto das árvores. Somente as populações do leste dos Estados Unidos estão em perigo de extinção.