Espanha: pai teria atirado em bebê e se suicidado

Agência EFE

ESPANHA - Um homem de 32 anos, de origem dominicana e nacionalidade espanhola, teria atirado na filha de 18 meses e se suicidado em seguida, segundo o serviço de emergência espanhol. O crime ocorreu na tarde desta terça-feira em Torrejón de Ardoz, a cerca de 22 km de Madri. A criança foi levada para o hospital e seu estado é crítico. A polícia não divulgou nenhum nome relacionado ao caso.

Um carro da polícia que circulava pelo local encontrou a mãe carregando a criança ferida. Os policiais levaram as duas ao hospital, onde a mulher disse que o marido havia sido o autor do disparo.

A mãe falou que, antes de sair de casa com a criança, ouviu outro tiro. Uma equipe do serviço de emergência foi chamada ao local e encontrou o homem na residência já morto, com uma marca de tiro na cabeça.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais