G8 fse compromete com Russia para reduzir emissão de gases poluentes

Agência Brasil

BERLIM - O G 8, formado pelos sete países mais ricos do mundo mais a Rússia, assumiu nesta quinta-feira, o compromisso de discutir formas de reduzir a emissão de gases poluentes. A decisão foi tomada durante reunião de cúpula do grupo na cidade alemã de Heiligendamm, segundo informações do site oficial do encontro. Não foi firmado, no entanto, nenhum compromisso númerico, com prazo e quantidade prevista de redução da emissão de gases poluidores.

A primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, que preside o evento, considerou que essa foi a decisão mais importante tomada pelo grupo para os próximos dois anos. Também afirmou que todos têm de se unir e se responsabilizar pela redução da emissão dos gases causadores do efeito estufa. Merkel enfatizou a necessidade de os países industrializados darem o primeiro passo e afirmou que, futuramente, o G 8 pretende financiar projetos nas nações em desenvolvimento.

O grupo também decidiu manter um diálogo mais próximo com os países em desenvolvimento - os integrantes do G 5 (Brasil, Índia, China, África do Sul e México), que estiveram reunidos hoje em Berlim, participarão amanhã dos encontros em Heiligendamm.

A cúpula do G 8 começou hoje e termina amanhã. Outro assunto a ser tratado são as ações surgidas a partir das promessas de aumentar a ajuda assistencial à África, realizadas na reunião de 2005 do grupo.