Escultura da "Última Ceia" esconde cocaína

REUTERS

LONDRES - A polícia alfandegária de Londres descobriu que em um embrulho de uma escultura da Última Ceia, de Leonardo da Vinci, enviado do Brasil para um endereço em Londres, continha cocaína.

A camuflagem da droga ainda incluía uma bíblia, um crucifixo e uma estátua da Virgem Maria.

O pacote foi descoberto em um escritório de classificação de correspondências em Conventry, região central da Inglaterra. Os 300 g de cocaína pura têm valor estimado em 15 mil libras (30 mil dólares).

- Eu já vi cocaína escondida em todos lugares, desde botões de camisas à velas e cobertores para bebê, mas nunca dentro de uma remessa de artigos religiosos -, disse a porta-voz das autoridades britânicas. Nenhum suspeito foi preso.