Alemanha construirá monumento aos homossexuais vítimas do nazismo

Agência EFE

BERLIM - O Governo alemão anunciou nesta segunda-feira que começará a construir um monumento em memória dos homossexuais assassinados e perseguidos pelo regime nazista, que ficará nas cercanias do edifício Reichstag, em Berlim, antes do fim do ano.

O ministro da Cultura alemão, Bernd Neumann, chegou nesta segunda-feira a um acordo com o grupo de homossexuais e lésbicas, grupos parlamentares, assim como com os artistas Michael Elmgreen e Ingar Dragset.

O monumento, que será financiado com ¬ 600.000 procedentes dos cofres estatais, será construido entre o Tiergarten e o Reichstag (edifício que abriga o Parlamento alemão).

O Parlamento alemão definiu, em dezembro de 2003, a construção de um memorial para as vítimas homossexuais, a fim de manter viva a lembrança daquela injustiça e lançar uma mensagem contra a intolerância em relação aos gays.