Polícia sérvia mata suposto radical islâmico em confronto

Agência EFE

BELGRADO - Uma pessoa morreu e duas foram feridas nesta sexta-feira num confronto entre agentes da Polícia sérvia e um grupo de radicais islâmicos perto da cidade de Novi Pazar, no sul da Sérvia.

A agência de notícias 'Beta', que cita fontes policiais, informou que o choque aconteceu quando agentes tentavam revistar uma casa na aldeia de Donja Trnava. A Polícia havia recebido informações de que um líder wahhabista se escondia no local.

Uma granada foi lançada de dentro da casa contra os policiais, ferindo um deles.

O confronto continuou na casa, onde morreu um dos supostos radicais islâmicos, e outro foi ferido, segundo a fonte.

Em março, a Polícia sérvia descobriu um campo de treinamento de terroristas e deteve quatro pessoas nas proximidades de Novi Pazar. Desde então, continua a busca de fugitivos, dos organizadores e outros membros do grupo.

A Polícia informou que descobriu a 30 quilômetros de Novi Pazar um acampamento com várias tendas e uma caverna nas quais eram treinados 'membros do grupo terrorista wahhabista'.

Foram achados na operação explosivos plásticos com temporizadores, balas de fuzil, alimentos, uniformes, bombas, baionetas, mapas e material de propaganda.