Sobe para 90 o número de mortos em ataque com carro-bomba em Bagdá

Agência EFE

BAGDÁ - Pelo menos 90 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas hoje na explosão de um carro-bomba em uma praça do centro de Bagdá, segundo uma nova contagem de vítimas anunciada pela Polícia iraquiana.

As emissoras de TV mostraram dezenas de veículos carbonizados em uma grande praça, ao redor da qual vários prédios tiveram as janelas quebradas pela explosão. Além disso, todos as lojas da praça ficaram total ou parcialmente destruídas.

Esse atentado é o quinto com carro-bomba a ocorrer nesta quarta-feira na capital iraquiana.

O mais grave até então havia ocorrido no bairro xiita de Cidade de Sadr, matando 17 pessoas e deixando mais 45 feridas. Este atentado foi causado por um suicida que detonou um carro carregado de explosivos no meio de uma praça que dá acesso ao bairro xiita. Aparentemente, no entanto, seu alvo era um posto de controle misto da Polícia e do Exército.

Os atentados de hoje põem em dúvida a viabilidade do plano de segurança Aplicamos a Lei, em vigor desde meados de fevereiro e apresentado como uma última oportunidade de estabilizar a situação em Bagdá e no resto do país.