Líderes militares dos EUA e da Rússia conversam sobre guerra

Este é o primeiro diálogo desde o início da invasão à Ucrânia

Foto: Epa
Credit...Foto: Epa

Os chefes de Estado-Maior dos Estados Unidos e da Rússia conversaram por telefone nessa quinta-feira (19) pela primeira vez desde o início da invasão à Ucrânia, em 24 de fevereiro, informou o Ministério da Defesa de Moscou e o Pentágono.

Segundo comunicado, relatado pela agência russa Tass, os generais Mark Milley e Valeri Gerasimov se falaram "por iniciativa do lado americano e debateram "assuntos de interesse mútuo, incluindo a situação na Ucrânia".

O porta-voz do Estado-Maior Conjunto dos EUA, coronel Dave Butler, informou ainda que ambos "discutiram uma série de preocupações de segurança" e concordaram em não divulgar o conteúdo do telefonema.

Os dois haviam conversado pela última vez no dia 11 de fevereiro, quando Washington fez um alerta sobre os planos do governo de Vladimir Putin de invadir o território ucraniano.

O diálogo entre os generais americano e russo também representa um vislumbre de uma abertura de Moscou para retomar as negociações com Kiev.

No último dia 13 de maio, inclusive, o ministro da Defesa russo, Sergey Shoigu, concordou em falar com o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, o qual pediu para Moscou a implementar um "cessar-fogo imediato". A Rússia, no entanto, declarou nesta semana que a Ucrânia "se retirou" das negociações com Moscou. (com agência Ansa)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais