Papa define guerra na Ucrânia como 'monstruosa' e 'selvagem'

Pontífice cumprimentou crianças ucranianas na audiência geral

Foto: Ettore Ferrari/Ansa
Credit...Foto: Ettore Ferrari/Ansa

Após cumprimentar um grupo de crianças ucranianas presentes na audiência geral desta quarta-feira (30), no Vaticano, o papa Francisco pediu o fim da guerra e a definiu como "monstruosa" e "selvagem".

No fim da cerimônia, o líder da Igreja Católica cumprimentou todos os jovens presentes, que estavam acompanhados por suas mães e o embaixador da Ucrânia junto à Santa Sé, Andriy Yurash.

Algumas crianças deram ao Papa desenhos que tinham símbolos da paz, como corações e pombas, e grande parte deles foram pintados com as cores amarelo e azul, da bandeira da Ucrânia.

O Pontífice dirigiu uma "saudação particularmente afetuosa" às crianças ucranianas acolhidas em solo italiano e renovou os seus pedidos para o fim do conflito.

"Com esta saudação às crianças, voltamos a pensar nas monstruosidades da guerra. Vamos renovar nossas orações para acabar com essa crueldade selvagem que é a guerra", concluiu o Papa.
Desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro, Francisco tem feito apelos quase diários pelo fim da guerra. (com agência Ansa)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais