Espectadora com placa derruba dezenas de ciclistas na Volta da França

Uma espectadora que apareceu nesse sábado (26) com uma placa na estrada percorrida por ciclistas da Volta da França fez cair vários participantes durante o primeiro dia da competição

Reeuters / Anne-Christine Poujoulat
Credit...Reeuters / Anne-Christine Poujoulat

Uma espectadora que colocou uma placa no caminho dos ciclistas causou no sábado (26) um grande acidente durante a primeira etapa da Volta da França, com dezenas de atletas colidindo em um amontoado.

O ciclista alemão Tony Martin colidiu com uma placa de papelão dizendo "Allez Opi-Omi! (traduzido livremente como "Vamos embora, Avô-Avó!") e caiu, quebrando o pelotão, com muitos membros de sua equipe Jumbo-Visma tombando também.

[Uma fã acabou de causar um acidente MASSIVO logo no início da Volta da França. Acredita-se que pelo menos 21 ciclistas tenham ficado feridos em resultado da queda.]

[Quem é esta estúpida idiota? Causou o pior acidente [da] história da Volta da França. As autoridades estão agora procurando por ela porque, obviamente, fugiu.]

Mais tarde, outro acidente ocorreu a apenas dez quilômetros de distância da linha de chegada.

[Segunda queda no arranque da Volta da França de 2021. [Chris] Froome entrou na linha de chegada depois de ter se magoado muito. Honra.]

A conta oficial da Volta da França no Twitter também comentou o incidente.

[Estamos contentes por ter o público à beira da estrada na Volta da França de 2021, mas para que a Volta seja um sucesso, respeitem a segurança dos ciclistas! Não arrisquem tudo por uma foto ou para aparecer na televisão!]

A Amaury Sport Organisation (ASO), que dirige a competição, apresentou uma queixa contra a torcedora, que fugiu do local após o acidente, de acordo com o jornal Ouest-France.

Segundo as reportagens, Martin conseguiu voltar a participar da competição apesar da queda, enquanto o alemão Jasha Sutterlin teve que se retirar devido a lesões.

A Volta da França de 2021 começou no sábado (26) e se prevê que termine em 18 de julho.(com agência Sputnik Brasil)