Partes do acordo nuclear com o Irã devem encerrar a última rodada de negociações em Viena

.

Reuters / Lisi Niesner
Credit...Reuters / Lisi Niesner

As demais partes do acordo nuclear com o Irã se reunirão em Viena nesta quarta-feira (2), anunciou a União Europeia, já que diplomatas disseram que a reunião encerrará a última rodada de negociações para reviver o acordo e adiará as discussões por pelo menos uma semana.

Essas reuniões das partes restantes - Irã, Rússia, China, França, Grã-Bretanha, Alemanha e União Europeia - em um formato conhecido como Comissão Conjunta pontuaram e agendaram conversas indiretas entre o Irã e os Estados Unidos sobre os dois países voltando ao cumprimento total com o acordo de 2015.

A UE preside reuniões da Comissão Conjunta no porão de um hotel de luxo e lidera a diplomacia entre enviados iranianos e uma delegação dos EUA baseada em outro hotel de luxo do outro lado da rua. O Irã se recusa a manter negociações diretas com Washington.

"Uma reunião da Comissão Conjunta do Plano Global de Ação Conjunto acontecerá em Viena hoje, quarta-feira, 2 de junho de 2021", disse a União Europeia em um comunicado, referindo-se ao acordo nuclear com o Irã por seu nome oficial.

A declaração não deu tempo. Um delegado disse que a reunião seria no início da noite e outro disse às 19h30. Outros diplomatas disseram que as negociações, que estão em seu quinto turno e começaram em abril, serão suspensas por pelo menos uma semana.

O principal negociador nuclear do Irã disse que as barreiras para a retomada do acordo são complicadas, mas não intransponíveis.

"As diferenças chegaram a um ponto em que todos acreditam que essas diferenças não têm solução", disse Abbas Araqchi à TV estatal iraniana antes da reunião.

"Mas os detalhes são importantes e as posições firmes do Irã devem ser observadas."

O porta-voz do governo iraniano negou nessa terça-feira (1º)que as negociações tenham estagnado com a eleição presidencial de 18 de junho na República Islâmica, em menos de três semanas.

"Não acho que haverá muito atraso entre a reunião de hoje e a próxima rodada de negociações. Como nas rodadas anteriores, provavelmente retornaremos a Viena após consultar nossas capitais", disse Araqchi.

O Conselho de Governadores da Agência Internacional de Energia Atômica, com 35 nações, terá uma reunião trimestral na próxima semana, com a presença de vários delegados nas negociações nucleares. (com agência Reuters)