Coreia do Norte renuncia aos Jogos Olímpicos por receio da Covid

Decisão foi 'para proteger os atletas' do novo coronavírus

Foto: Epa
Credit...Foto: Epa

O Ministério dos Esportes da Coreia do Norte informou nesta terça-feira (6) que o país não disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Em uma reunião, o Comitê Olímpico norte-coreano decidiu não participar das Olimpíadas "para proteger os atletas da crise de saúde global causada pela Covid-19".

Esse é o primeiro Jogos Olímpicos que a Coreia do Norte não disputará desde 1988, quando o evento aconteceu em Seul, na Coreia do Sul.

A decisão dos norte-coreanos não deverá ser recebida pelo vizinho do sul, que tinha nas Olimpíadas uma rara chance de fazer contato oficial com Pyongyang.

A Coreia do Norte disputou os Jogos Olímpicos pela primeira vez em 1972 e só não marcou presença nas edições de 1984, quando participou de um boicote liderado pelos soviéticos, e de 1988. O país já conquistou 16 medalhas de ouro em diversas modalidades, como levantamento de peso, luta livre, ginástica, boxe e judô. (com agência Ansa)

Em janeiro, o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, afirmou em carta de Ano Novo  que o país estava livre da covid-19. Ele agradeceu o apoio da população e desejou saúde às famílias norte-coreanas.