Príncipe Philip tem alta após 1 mês internado

O monarca tratou uma infecção

foto: Reuters/Peter Cziborra
Credit...foto: Reuters/Peter Cziborra

O príncipe Philip, de 99 anos, deixou nesta terça-feira (16) o hospital King Edward VII, onde esteve internado por quatro semanas.

O marido da rainha Elizabeth II foi visto na parte de trás de um carro BMW preto, vestindo uma camisa branca e um macacão amarelo ao deixar o hospital.

O Palácio de Buckingham confirmou a alta do duque de Edimburgo e disse que ele havia retornado ao Castelo de Windsor, a oeste de Londres, onde vinha se isolando com a rainha, de 94 anos, desde o início da pandemia.

Os assessores da realeza britânica disseram que Philip foi tratado para uma infecção (não especificada) e teve "um procedimento bem-sucedido para uma doença pré-existente".

"Sua Alteza Real deseja agradecer a toda a equipe médica que cuidou dele no Hospital King Edward VII e no Hospital São Bartolomeu, e a todos que enviaram seus votos de boa sorte", diz o comunicado do palácio, segundo a AFP.

O príncipe está se sentindo bem e tem bom humor após deixar a internação – esta foi a permanência mais longa do príncipe Philip em um hospital.

O duque de Edimburgo foi internado pela primeira vez em 16 de fevereiro a conselho de seu médico, depois de reclamar de um mal-estar.

O Palácio de Buckingham disse inicialmente que deveria ficar lá por "alguns dias", mas ressaltou que o motivo da internação não está relacionado à covid-19.

O duque foi transferido para uma unidade especializada em cardiologia no Hospital São Bartolomeu para um procedimento cardíaco antes de retornar ao hospital privado em 5 de março.(com agência Sputnik Brasil)