Venezuela se dispõe a levar oxigênio para pacientes com covid-19 no Amazonas

.

Foto: Folhapress / Junio Matos
Credit...Foto: Folhapress / Junio Matos

O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, disse nessa quinta-feira (14) que colocou imediatamente oxigênio à disposição do Amazonas a pedido do presidente venezuelano Nicolás Maduro.

A declaração de Arreaza foi postada nas redes sociais.

[Por instruções do presidente Nicolás Maduro conversamos com o governador do estado do Amazonas, Brasil, Wilson Lima para disponibilizar imediatamente o oxigênio necessário para atender o contingente de saúde em Manaus. Solidariedade latino-americana acima de tudo!]

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), agradeceu ao chanceler na mesma rede social.

Pacientes internados para tratamento da covid-19 no estado não contam mais com o fornecimento de oxigênio, pois a reserva estadual de cilindros chegou ao fim.

O governo de Lima precisou transferir os pacientes para hospitais de Teresina (PI), São Luís (MA), Brasília (DF), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Goiânia (GO).

Nessa quinta-feira (14), o governo brasileiro pediu ajuda à embaixada dos Estados Unidos para garantir o transporte aéreo de cilindros de oxigênio para Manaus.

O chanceler brasileiro Ernesto Araújo teria sido acionado para tentar ajuda da Força Aérea dos EUA junto à embaixada norte-americana, que afirmou já estar ciente do pedido, segundo a publicação. (com agência Sputnik Brasil)