Adolescente é morto em protesto na Nicarágua

Um adolescente morreu durante um protesto em Manágua, capital da Nicarágua, no domingo 23, disseram policiais. Homens encapuzados entraram em confronto com os manifestantes, resultando na morte de Max Romero, de 16 anos, e causando ferimentos a cinco pessoas.

Imagens de televisão mostravam o grupo carregando armas e a bandeira vermelha e preta, do governo do presidente Daniel Ortega.

Segundo comunicado da polícia, Romero morreu em meio ao fogo cruzado, quando os manifestantes começaram a jogar pedras contra as residências na região.

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) disse que mais de 320 pessoas morreram desde o início da violência no país, em abril, quando a população foi às ruas para protestar contra a reforma na aposentadoria feita por Ortega.

Os manifestantes agora pedem a antecipação da eleição presidencial, mas o presidente disse, no sábado 22, que a população terá de esperar até o fim de seu mandato, em 2021.