Trump comemora 'progressos extraordinários' com a Coreia do Norte

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou nesta quarta-feira os "progressos extraordinários" com a Coreia do Norte, um dia depois de uma reunião de cúpula entre as duas Coreias em Pyongyang.

"Fazemos progressos extraordinários sobre a Coreia do Norte", disse Trump nos jardins da Casa Branca antes de se dirigir para a costa sudeste do país para visitar as áreas devastadas pelo furacão Florence.

"Lembrem-se de uma coisa: antes de eu ser presidente, muita gente achava que uma guerra com a Coreia do Norte era inevitável", acrescentou.

"Hoje, as relações, pelo menos em um nível pessoal, são excelentes", afirmou o presidente, sem mencionar a questão fundamental da desnuclearização.

O líder norte-coreano Kim Jong Un e o presidente sul-coreano Moon Jae-in anunciaram o desejo de apresentar uma candidatura conjunta para organizar os Jogos Olímpicos de 2032, um novo sinal de aproximação entre os países da península coreana.

Também prometeram uma série de iniciativas bilaterais, tais como a organização de encontros regulares entre famílias separadas pela Guerra da Coreia (1950-53), e a intenção de conectar suas redes ferroviária e rodoviária.

O líder de Pyongyang também anunciou uma visita a Seul e concordou em fechar uma área de teste de mísseis.

 

jca/elm/dga/cd/mr