Ronaldo anuncia aposentadoria nesta segunda-feira

O maior artilheiro da história das Copas do Mundo, com 15 gols, vai se aposentar nesta segunda-feira. O atacante Ronaldo, do Corinthians, convocou uma entrevista coletiva para as 12h40 para anunciar a decisão.

Enquete: Ronaldo está certo ao decidir abandonar o futebol ?

O Fenômeno fez sua última partida pelo Timão no jogo que determinou a eliminação na pré-Libertadores, com uma derrota para o Tolima por 2 a 0, no dia 2 de fevereiro.

Na ocasião, Ronaldo foi um dos alvos da fúria da torcida corintiana, que pichou o muro do Parque São Jorge pedindo a saída do jogador e o chamando de gordo e "pipoqueiro".

Até o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva - corintiano declarado - disse, na ocasião, que Ronaldo já deveria ter parado de jogar.

Na sexta-feira, o lateral Roberto Carlos já havia deixado o clube.

Ronaldo foi contratado pelo Corinthians em dezembro de 2008. No ano seguinte, a equipe conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, com atuações decisivas do atacante.

Em  depoimento ao programa Fantástico, da Rede Globo, Ronaldo justificou sua decisão.

"São as dores do corpo. A cabeça até aguenta, mas o corpo, não."

Veja um vídeo com alguns dos grandes momentos do Fenômeno.

 

 

 

 

 

Galvão Bueno questiona motivos

O narrador Galvão Bueno lamentou a decisão do atacante Ronaldo em encerrar a carreira. "Ele diz que não resiste mais às dores. Mas será que é só isso? Ele merece um final de carreira de ameaças, xingamentos, acusações de baixo nível?", perguntou Galvão, criticando o tratamento que o atleta recebeu depois da vexatória eliminação do Corinthians na Pré-Libertadores, contra o colombiano Tolima.

Sem poupar elogios ao Fenômeno, o narrador resumiu grandes feitos do atacante no futebol. "Fez o maior número de gols em Copas, deu a volta por cima três vezes após contusões terríveis, quando praticamente todos deram sua carreira como acabada. A Copa de 1962 foi de Garrincha, a de 1970 de Pelé, a de 1994 de Romário e a Copa de 2002 foi a Copa de Ronaldo. Como fã e amigo, posso dizer uma coisa: "obrigado, Fenômeno".

Repercussão internacional

A aposentadoria do atacante, que brilhou nos campos da Europa e ganhou fãs pelo planeta, recebeu espaço na imprensa internacional.

O diário Olé, da Argentina, não poupou elogios a Ronaldo. Tradicionalmente satírico, o jornal prestou reverência a "um grande de verdade", em nota intitulada "se vai um Fenômeno". O veículo ainda citou que a aposentadoria do atacante ocorre de forma "opaca", devido à eliminação do Corinthians na Copa Libertadores, após derrota para o Tolima.

O espanhol Marca seguiu tom semelhante, explicando que o "mítico" jogador adiantou o fim de sua caminhada pela queda no torneio continental. Já o Marca lembrou da pressão exercida pela torcida corintiana após a eliminação, que contou com ataque ao ônibus da equipe, como um dos motivos para a aposentadoria de Ronaldo.

Não foi somente na Espanha que a agressão foi citada como razão para o fim da carreira do maior artilheiro da história das Copas do Mundo. "Violência de torcedores pode ter influenciado decisão de parar", explicou o britânico Guardian.

Até mesmo nos Estados Unidos, país geralmente avesso ao futebol, a notícia do adeus de Ronaldo ganhou espaço. Nos sites da revista Sports Illustrated e da emissora ESPN, a aposentadoria de Ronaldo também foi vinculada à violência da torcida, mas as reportagens não deixaram de celebrar a carreira do atleta.

Prêmios e títulos de Ronaldo

>> Cruzeiro

Copa do Brasil: 1993

>> PSV Eindhoven

1 Copa da Holanda: 1995/1996

>> Barcelona

Copa dos Campeões de Copas: 1996/1997

Copa do Rei: 1996/1997

>> Inter de Milão

Copa da UEFA: 1997/1998

>> Real Madrid

Copa Intercontinental: 2002

Campeonato Espanhol: 2002/2003

Supercopa da Espanha: 2003

>> Seleção brasileira

Campeão da Copa do Mundo: 1994, 2002

Vice-campeão da Coa do Mundo: 1998

Copa América: 1997, 1999

Copa das Confederações: 1997

>> Prêmios Pessoais

FIFA Melhor jogador do mundo: 1996 (vencedor mais jovem), 1997, 2002

Melhor jogador do mundo: 1996 (vencedor mais jovem), 1997, 2002

Melhor jogador da Europa (Bola de Ouro): 1997 (vencedor mais jovem), 2002

Onze d'Or: 1997, 2002

UEFA Jogador mais valioso - 1998

UEFA Club Football Awards: Melhor atacante - 1998

FIFA Seleção da Copa do Mundo: 1998, 2002

Bota de Ouro da Europa: 1997

Copa América: 1999: Artilheiro

Melhor jogador do Campeonato Espanhol: 1996-1997, 2003-2004

Melhor jogador do Campeonato Holandês: 1994-1995

Melhor jogador da Copa Intercontinental: 2002

BBC Personalidade esportiva do ano: 2002

Prêmio GoldenFoot: 2006

Com Portal Terra