Após cirurgia, Mari pode voltar às quadras nesta quinta-feira

Líder da Superliga Feminina com apenas uma derrota, o Rio de Janeiro está ganhando reforços importantes na reta final da competição. Na última quinta-feira, a meio de rede Carol Gattaz voltou a jogar na partida contra o São Caetano. Nesta quinta, contra o Minas, às 19h45m (de Brasília), no Maracanãzinho, quem pode finalmente fazer a estreia pelo time é a ponteira Mari. A jogadora foi relacionada pelo técnico Bernardinho para a partida contra o Usiminas/Minas, que será realizada às 19h45, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Mari está longe das quadras desde agosto de 2010, quando disputava a fase final do Grand Prix. A ponteira sofreu uma entorse no joelho direito durante a vitória do Brasil sobre a Polônia no torneio e passou por cirurgia para correção de ruptura total do ligamento cruzado anterior há cinco meses.

Cinco meses depois, a ponteira pode voltar às quadras e estrear pela equipe carioca.

"Ainda estou longe de minha condição ideal, mas acho que já posso ajudar o time em algumas situações de jogo. O mais difícil nesse período de recuperação foi controlar a ansiedade, ter paciência para cumprir todas as etapas e voltar no momento certo, evitando riscos desnecessários", afirmou Mari.

Para Bernardinho, a chegada de Mari é importante para o Unilever. "Só precisamos observar a semana de treinamento, mas a ideia é que ela já integre efetivamente o grupo no jogo.", explicou.