Sensação da Europa, Porto de Hulk supera até o Barcelona

 

O melhor aproveitamento de um time das seis principais ligas europeias, a melhor defesa e o segundo melhor ataque do continente e, ainda, nenhuma derrota no Campeonato Português. Esse é o Porto que, a cada semana, quebra recordes e impressiona mais sob o comando do jovem treinador André Villas-Boas, 33 anos, e discípulo de José Mourinho, hoje no Real Madrid. Nessa grande equipe, ninguém chega perto do brilho do paraibano Hulk.

Os números confirmam de forma bastante objetiva a presença do brasileiro, que participou ativamente de 48% dos gols do Porto em cinco competições já disputadas nesta temporada: Liga Europa, Campeonato Português, Taça de Portugal, Carlsberg Cup (todas ainda em disputa) e Supertaça Cândido de Oliveira, já conquistada pela equipe portista.

Para efeito de comparação, o aproveitamento do Porto é superior ao do Barcelona: 93% contra 92%, considerando apenas as ligas nacionais. A defesa dos espanhóis também fica atrás, com 11 gols sofridos em 21 partidas. Melhor mesmo é o ataque liderado por Messi, o único entre os grandes da Europa que faz mais gols que o time de Hulk - são 67, índice acima de três por jogo no Espanhol.

Em seus 84 gols marcados na temporada, o Porto teve Hulk como o autor de 27 - ao contrário do que se imagina, vale lembrar, ele não é o centroavante do time na maioria das partidas, e sim um ponta direita. Ele ainda colaborou com 14 assistências, número imbatível dentro do elenco.

A fase de Hulk tem sido tão brilhante que até um defeito crônico de seu jogo foi amenizado: diante do Nacional, na última semana, ele fez seu primeiro gol de cabeça em dois anos e meio a serviço do Porto.

Números do Porto na temporada: 
Desempenho no Português: 16 vitórias e dois empates 
Aproveitamento no Português: 93% 
Gols no Português: 43 pró e sete contra em 18 jogos 
Desempenho na Liga Europa: cinco vitórias e um empate 
Gols na Liga Europa: 14 pró e quatro contra