Beckenbauer diz confiar menos na Fifa após votação do Mundial-2018

BERLIM - O alemão Franz Beckenbauer, membro do comitê executivo da Federação Internacional de Futebol, afirmou nesta terça-feira que tem "menos confiança" na Fifa depois da designação da Rússia e do Catar como países organizadores dos mundiais de 2018 e 2022.

"Tenho menos confiança na Fifa. Estou decepcionado com a maneira como a Fifa se comportou comunicando os resultados depois do voto. A organização se expôs ao ridículo perante os sete países que perderam, sobretudo a Inglaterra e a Austrália", disse o ''Kaiser'' ao jornal Bild.

A Inglaterra obteve apenas dois votos de um total de 22, e a Austrália, um.

"Nos disseram que não iam revelar o número exato de votos e que apenas o país eliminado seria divulgado. Acontece que algumas horas mais tarde ouço na rádio o número de votos para cada país", acrescentou Beckenbauer, que deixará suas funções na Fifa em março.