Na base de remédios e injeções, Jonathan se sacrifica pelo Cruzeiro

O lateral direito Jonathan vem reclamando bastante de uma pubalgia. Nos últimos meses, inclusive, foi sacado do time titular contra o Vitória pelo Brasileiro. Com a suspensão de Rômulo no jogo diante do Corinthians, Jonathan volta à equipe. Porém, afirma que ainda não possui as melhores condições físicas.

"Não estou inteiro. Estou com esta pubalgia que está atrapalhando, mas é um momento de superação e eu tenho que passar por cima desta dor, porque a cabeça está boa. Tenho certeza que na hora do jogo não vou nem lembrar de dor. Acho que é o momento de ajudar o grupo. Espero jogar bem e que a nossa equipe jogue bem, porque vai ser uma partida muito difícil", disse o lateral.

O jogador diz que sente dor no púbis desde a partida contra o Avaí, no dia 12 de setembro. Depois disso, o lateral direito participou de seis jogos e ficou fora de cinco, além de outras duas partidas em que ficou no banco de reservas.

"Estou tomando remédios, injeções. Isso atrapalha o jogador. A gente fica com aquela insegurança para jogar, mas espero jogar bem estes últimos quatro jogos e, depois que houver essa folga, procurar descansar o máximo possível, procurar tratar. Se Deus quiser, não vai precisar de cirurgia", concluiu.

Revelado nas categorias de base do Cruzeiro, Jonathan chegou ao clube em 1999 com 13 anos e estreou como profissional em 2004. Hoje com 24 anos, o atleta possui contrato até março de 2014. A diretoria cruzeirense diz que, apesar da sondagem do Milan, ainda não recebeu nenhuma proposta oficial pelo jogador.