Artilheiros da noite comemoram goleada sobre o Atlético

     RIO - Os autores dos gols tricolores sobre o Atlético-MG na noite desta quinta-feira, na vitória do Fluminense por 5x1, são só felicidade por poderem auxiliar o time na luta pelo tão esperado título do Campeonato Brasileiro. Muricy Ramalho é daqueles técnicos que sempre exalta muito mais a força do grupo do que um talento individual e ontem à noite pôde ver novamente do que o grupo do Fluminense é capaz.

Nenhum atacante foi responsável por balançar a rede atleticana, mas ainda assim, com dois gols de Carlinhos, um de Leandro Euzébio, um de Gum e outro de Marquinho já no fim da partida, o treinador se deliciou com as opções que tem em mãos. O artilheiro da noite Carlinhos exaltou a reação do time desde o segundo tempo do clássico diante do Flamengo no último domingo e classificou sua atuação como a melhor que já teve com a camisa tricolor.

- Desde o segundo tempo contra o Flamengo tivemos uma boa etapa e agora foi o jogo completo. Esse é o caminho, temos de continuar assim que vamos chegar lá. Estava esperando esse gol desde o Campeonato Paulista. É uma nova etapa na minha vida, retornei aos gramados nesse ano.  O gol diferencia muito a partida, mas acho que essa está entre as melhores que já fiz aqui no Fluminense - disse.


Já o zagueiro Gum, comemorou bastante o fato de as bolas paradas terem funcionado na partida desta quinta. Para o “Guerreiro Tricolor” é importante o Fluzão recuperar a confiança nesta fase tão importante do campeonato.

- Quando os jogos estão complicados a bola parada decide muito e fomos felizes. É um bom resultado para encostar novamente no Corinthians e reconquistarmos a primeira colocação. O Fluminense precisa voltar a encontrar o bom futebol. Com a confiança elevada fica melhor. A equipe tem tudo para colocar a cabeça no lugar e ter uma boa sequência na competição - ressaltou.


Outro que deixou o gramado do Engenhão cheio de sorrisos, foi o meia Marquinho. O Curinga de Muricy mais uma vez entrou e mostrou do que é capaz, marcando o quinto gol tricolor, cheio de categoria ao encobrir o goleiro Fábio Costa já no apagar das luzes. - O que importa quando a gente entra é mostrar o trabalho. Deu para fazer um gol e isso que interessa - afirmou.


Leandro Euzébio, que abriu o placar da partida, novamente deixou o campo com a felicidade estampada no rosto, e agradeceu bastante a Muricy por todo auxilio que tem dado para sua carreira.  - Só tenho a agradecer a Deus, o trabalho vem sendo bem feito, e ao professor. O time está de parabéns – concluiu o zagueiro que já marcou cinco vezes neste Brasileirão.

Site do Flu