Princesa de Mônaco rouba a cena nos Jogos da Juventude

Portal Terra

CINGAPURA - Os Jogos Olímpicos da Juventude são a principal competição do COI (Comitê Olímpico Internacional) no ano e servem como preparação para os jovens atletas terem um contato inicial com uma competição internacional de alto nível.

A Olimpíada da Juventude, que se encerra no dia 26 em Cingapura, reúne 3,6 mil jovens atletas de 204 nações disputando 26 modalidades. Mas a principal estrela é membro de uma famosa família real europeia - Pauline Ducruet, 16 anos, que compete nos saltos ornamentais e é filha da princesa de Mônaco, Stephanie.

Contando também com a torcida do tio Albert nas arquibancadas do Toa Payoh Swimming Complex, Pauline foi o centro das atenções. No entanto, a monegasca ficou distante da briga por uma medalha nos Jogos da Juventude.

A campeã da prova do trampolim de 3 m foi a chinesa Jiao Lui, que também já havia sido ouro na plataforma. No entanto, os olhares dos fotógrafos e das câmeras de TV estavam focados apenas na filha da princesa.

Todos os saltos e os detalhes da execução de Pauline não passavam despercebidos. No entanto, a atleta foi a décima colocada na fase preliminar e acabou apenas em 12º na final. Mesmo com o resultado, ela ganhou um abraço caloroso da mãe ao término da competição.

"Sou simplesmente uma velha boa mãe. Estou aqui para apoiar a minha filha", disse Stephanie, filha do casal Rainier e Grace Kelly.

A família real de Mônaco tem o esporte como tradição. Albert foi membro da equipe de bobsled e chegou a disputar cinco edições dos Jogos Olímpicos de Inverno. Por sua vez, o sobrenome Kelly teve um atleta, John, que levou medalhas de ouro para os Estados Unidos nos anos 20.