Wurz anuncia aposentadoria e não corre no Brasil

Portal Terra

XANGAI - O austríaco Alexander Wurz, 33 anos, atual piloto da Williams, anunciou a aposentadoria imediata da Fórmula 1 e não participará da última prova da temporada, no Brasil, no próximo dia 21.

- Em um ambiente tão duro quanto a Fórmula 1, sempre acreditei que se você tem um segundo de dúvida sobre o que está fazendo, então é hora de parar. Comecei a ter estes sentimentos no começo do ano, por isso decidi que é o momento certo de anunciar minha aposentadoria - afirmou o piloto.

- Correr nesta temporada foi realmente um prazer, especialmente com o pódio no Canadá que foi muito bom, ao lado de outras provas consistentes. Quero agradecer à equipe por ter aceitado minha decisão e desejo tudo de bom na última corrida do ano - declarou Wurz.

O piloto austríaco teve sua estréia na modalidade com a Benetton, em 1997, no Canadá. Passou pela McLaren e se tornou piloto de testes da Williams em 2006, antes de assumir a vaga de Mark Webber, que se transferiu para a Red Bull nesta temporada.

O japonês Kazuki Nakajima é o atual piloto de testes da equipe de Frank Williams. A escuderia anunciará o nome do piloto que disputará o GP do Brasil nesta terça-feira.