Américo Gallego não é mais técnico do Toluca

Agência EFE

MÉXICO - O técnico argentino Américo Gallego pediu demissão do Toluca após a eliminação da equipe mexicana das oitavas-de-final da Copa Libertadores, para o Cúcuta.

- Falei com o presidente do clube e comuniquei que não continuarei, disse Gallego logo após a partida, realizada terça à noite.

Jogando diante de sua torcida, o Toluca derrotou o Cúcuta por 2 a 0, mas o resultado foi insuficiente em razão da goleada de 5 a 1 da ida, na Colômbia.

O treinador argentino disse que voltará à Argentina para descansar, mas deixou abertas as portas para trabalhar novamente no México.

Gallego comandou o Toluca quase 100 vezes, conquistando o Torneio Apertura do Campeonato Mexicano de 2005 e a Copa dos Campeões Mexicanos de 2006.

O treinador chegou ao Toluca em junho de 2005, após conquistar dois títulos argentinos pelo River Plate, um comandando o Independiente de Avellaneda e outro à frente do Newell's Old Boys.