Rossi chega a Istambul Park atrás de sua 1ª vitória na pista

Agência EFE

MADRI - O Mundial de MotoGP chega no próximo fim de semana ao circuito de Istambul Park, pista que não favorece a Yamaha de Valentino Rossi e na qual nenhuma equipe andou com as novas motos de 800 c.c..

Nas duas provas anteriores, os GPs do Catar e da Espanha, os pilotos haviam treinado com as motos de 2007 durante a pré-temporada e tinham referências sobre o acerto delas, os pneus e a nova regra que envolve as mesmas e o tanque de combustível.

Após demonstrar no GP da Espanha, há um mês, que o principal candidato ao título é ele, Rossi enfrenta duas corridas em circuitos muito velozes, Istambul, onde ainda não venceu, e Xangai, onde às Ducati do australiano Casey Stoner e do italiano Loris Capirossi serão beneficiadas.

Já o espanhol Dani Pedrosa, da Honda, tentará alcançar sua primeira vitória na temporada. No ano passado ele caiu no Grande Prêmio da Turquia quando lutava pelas primeiras posições.

O espanhol é o segundo do campeonato, empatado com 36 pontos com Stoner e atrás do piloto italiano, que tem 45 pontos.

Nas 250 c.c., o campeão mundial e líder da classificação, o espanhol Jorge Lorenzo, da Aprilia, chega a Istambul com duas vitórias em seu histórico, como quando no ano passado chegou a este circuito em plena seqüência de vitórias.

O espanhol lidera a classificação na frente de Alex de Angelis, da Aprilia, de Dovizioso e do espanhol Álvaro Bautista, atual campeão da 125 c.c..

Já na categoria de 125 c.c. será difícil a vitória escapar da equipe Aspar, cujos pilotos dominaram as duas primeiras corridas.

Héctor Faubel, que iniciou seu histórico de vitórias em Istambul no ano passado, ganhou no Catar e foi terceiro em Jerez, enquanto o húngaro Gabor Talmacsi, da mesma equipe, venceu na Espanha e foi segundo na primeira corrida, liderando assim a classificação com 45 pontos.

Por outro lado, a revelação da temporada, Pol Espargaró, da Aprilia, disputará sua primeira corrida em Istambul Park, pista construída em 2005.

Espargaró quase subiu no pódio no Grande Prêmio da Espanha, onde ficou na quarta posição.