Ferrer avança para segunda rodada em Monte Carlo. Murray abandona

REUTERS

MONTE CARLO - O espanhol David Ferrer passou fácil pelo francês Gilles Simon, por 6-3 e 6-1, pela primeira rodada do Masters Series de Monte Carlo, nesta terça-feira.

Ferrer, 12o cabeça-de-chave e vencedor do Torneio de Auckland, em janeiro, usou sua larga experiência no saibro e fechou a partida no primeiro match point, depois de 68 minutos de jogo. Agora Ferrer, número 16 do ranking, pega outro francês, Julien Benneteau, que no ano passado chegou às quartas-de-final de Roland Garros.

- Senti-me muito bem desde o começo, o que explica por que terminou tão rápido - disse Ferrer depois da partida.

O alemão Benjamin Becker também garantiu o lugar na segunda rodada com a vitória de 7-6 e 6-2 sobre o sueco Thomas Johansson.

O cabeça-de-chave número oito, o britânico Andy Murray, desistiu do jogo pela segunda rodada contra o francês Marc Gicquel por causa de uma lesão nas costas. Murray, número dez do mundo, tinha sido obrigado a abandonar uma partida de duplas na segunda-feira por causa da lesão. O lugar de Murray será ocupado pelo espanhol Guillermo Garcia Lopez.

- A dor estava ficando cada vez pior no final do tie-break (do primeiro set). Mal conseguia ficar de pé - disse Murray numa entrevista coletiva. - Está melhor hoje, mas ainda está difícil para andar. É um pouco frustrante.

No ano passado, Murray havia sido eliminado na primeira rodada do Masters de Monte Carlo, por isso não perderá pontos no ranking da ATP.

O número um do mundo, o suíço Roger Federer, estréia sua temporada de saibro ainda na terça-feira, com um embate contra o italiano Andreas Seppi pela segunda rodada do torneio.