Supercopa do Brasil Sub-20: Internacional vence Coritiba e fica com o título

No estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), Lucca marcou no fim e garantiu título para o Inter

Foto: Cleiton Ramos/CBF
Credit...Foto: Cleiton Ramos/CBF

No confronto entre Internacional, campeão do Brasileirão Sub-20, e Coritiba, campeão da Copa do Brasil da categoria, deu Inter! O Colorado superou o Coxa por 1 a 0, na tarde desse domingo (19), no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), e ficou com o título da Supercopa do Brasil Sub-20. Com o resultado, o time gaúcho garantiu vaga na Libertadores da categoria em 2022.

 

O jogo

O primeiro tempo contou com o Internacional mais ofensivo no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Aos 12 minutos, Estêvão recebeu passe de calcanhar de Nicolas e chutou com perigo para o goleiro alviverde. Sete minutos depois, aos 19, o Inter acertou a trave em cobrança de falta de Thauan Lara. Aos 35 minutos, o Colorado acertou a trave outra vez. Bernardo chutou forte em cima da marcação, ficou com o rebote, e carimbou o poste de Rafael William.

O Coxa respondeu em boa jogada individual de Vinicius Ribeiro, aos 37 minutos, que também parou na trave. Aos 44, antes do intervalo, o Coritiba pressionou em cabeçada de Biel, defendida por Anthoni.

O Internacional voltou ao segundo tempo buscando o gol do título. Aos oito minutos, Thauan Lara bateu forte por cima do gol. Cinco minutos depois, Nicolas recebeu excelente passe de Alisson e, sozinho na área, parou na defesa de Rafael William. Mais ofensivo, o Inter perdeu outra grande chance de abrir o placar aos 15 minutos. Alisson bateu cruzado e acertou a trave. No rebote, Thauan Lara chutou fraco e o goleiro defendeu.

O Coxa tentou responder o Inter aos 24 minutos, em chute forte de Luizão, que Anthoni defendeu. Buscando mais o ataque, a equipe paranaense assustou novamente aos 37. Biel finalizou dentro da área e João Pedro evitou o gol. No minuto seguinte, o Alviverde carimbou a trave do Inter em cabeçada de Ruan Assis. No rebote, o jogador acertou João Pedro.

Quando a disputa de pênaltis parecia certa, a estrela de Lucca brilhou. Aos 42 minutos, o atacante desviou cruzamento e o goleiro do Coxa defendeu. No rebote, Lucca não desperdiçou e fez o gol do título do Internacional. (com Ascom CBF)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais