Flamengo é eliminado da Copa do Brasil pelo Athletico-PR no Maracanã

Após empate no primeiro jogo da semifinal, Furacão derrotou o Fla por 3 a 0 no Maracanã e garantiu vaga na decisão

Foto:: Thiago Ribeiro/Agif/CBF
Credit...Foto:: Thiago Ribeiro/Agif/CBF

O Athletico Paranaense está na final da Copa do Brasil! Na noite desta quarta-feira (27), o Furacão dominou o Flamengo em pleno Maracanã, pelo jogo de volta da semifinal, e saiu de campo com o triunfo por 3 a 0 e vaga grantida na grande decisão da competição mais democrática do país. Nikão, duas vezes, e Zé Ivaldo balançaram as redes no Rio de Janeiro – na ida, as equipes empataram em 2 a 2.

A disputa pela taça será entre a equipe paranaense e o Atlético-MG, que também se classificou nesta noite ao vencer o Fortaleza por 2 a 1.

O jogo

Bem postado taticamente no primeiro tempo diante do Flamengo, o Athletico-PR balançou as redes duas vezes e saiu para o intervalo com boa vantagem rumo à final da competição. Logo aos nove minutos, Nikão cobrou pênalti e chutou rasteiro no canto direito de Diego Alves para fazer 1 a 0. Depois, a equipe carioca até teve o domínio na posse de bola, mas não conseguiu ser efetivo nas criações para buscar o empate. Em uma das poucas chances, Bruno Henrique recebeu boa bola de Everton Ribeiro, dominou e acabou travado por Santos. Em outra chegada, de bola parada, Léo Pereira pegou de primeira após sobra dentro da área, mas mandou por cima do gol. O Furacão seguiu com intensidade na defesa e sem dar espaços para os cariocas. E, já aos 52, Nikão recebeu pela direita e chutou cruzado para marcar mais um e ampliar para a equipe paranaense: 2 a 0.

Na volta do intervalo, o Flamengo mudou completamente a postura e controlou as ações diante do Furacão, que manteve o bom sistema defensivo e segurou as investidas do time carioca. Antes do primeiro minuto, Michael avançou pela esquerda e cruzou para Bruno Henrique, que finalizou em cima de Santos. Depois, o goleiro paranaense ainda fez duas boas defesas: uma na pancada de Andreas Pereira e outra na finalização firme de Michael. A pressão carioca seguiu na partida, com chances de Léo Pereira, Gabi, Everton Ribeiro e Michael, mas com os visitantes fortes na marcação e defesas seguras de Santos.

Mantendo boa atuação tática, o Athletico-PR confirmou a classificação à final com mais um gol. Aos 43 minutos, após contra-ataque, Pedro Rocha foi lançado na esquerda, dominou, girou e mandou na área para Zé Ivaldo, que chegou em velocidade e finalizou para liquidar a fatura: 3 a 0. (com Ascom CBF)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais