Botafogo bate o CRB e assume a vice-liderança da Série B; Vila Nova vence o Remo

Glorioso fez o dever de casa em confronto direto contra o Galo

Foto: Jorge Rodrigues/Agif/CBF
Credit...Foto: Jorge Rodrigues/Agif/CBF

Mais dois jogos movimentaram a 29ª rodada da Série B, no horário das 19h desta sexta-feira (8). No fim, vitória dos mandantes. No Nilton Santos, o Botafogo venceu confronto direto diante do CRB por 2 a 0 e assumiu a vice-liderança da competição. Enquanto, em Goiânia, o Vila Nova bateu o Remo por 1 a 0.

No famoso jogo de seis pontos, as equipes fizeram um primeiro tempo bastante disputado, mas com poucas chances claras de gol. Antes dos 30 minutos, apenas Alisson Farias tentou para o CRB, enquanto Warley criou boa oportunidade para o Botafogo, mas Jonathan não chegou inteiro no cruzamento e mandou para fora.

Já na marca dos 32, o Galo passou a jogar com um a menos, após expulsão de Caetano. Em vantagem numérica, o time da casa achou os espaços e, aos 44, Chay colocou a bola na área, a zaga adversária não conseguiu afastar o perigo e Marco Antônio apareceu livre para completar para o fundo das redes.

Com o placar favorável e com um a mais, o Botafogo controlou o jogo na etapa final e teve chances de ampliar com Chay, aos 15, e em contra-ataque finalizado por Rafael Navarro. A primeira tentativa foi para fora e a segundo esbarrou no goleiro do Galo. Mas, foi já no apagar das luzes, que Carlinhos aproveitou mais um contra-ataque alvinegro e fechou a conta no Nilton Santos: 2 a 0.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos 51 pontos e pulou para segunda colocação. Já CRB aparece na quinta posição, com 48 pontos.

Mandante da partida, o Vila Nova foi para cima nos primeiros minutos de jogo. Clayton, aos oito, apareceu dentro da área e chutou forte para boa defesa de Thiago Coelho. Quatro minutos depois, Alesson foi quem teve a chance para o Colorado, o camisa 11 recebeu ótimo passe de Arthur Rezende, saiu em velocidade e mandou para o fundo das redes: 1 a 0.

Nos minutos seguintes, o Remo passou a ter o controle da posse de bola, mas não conseguiu chegar com perigo ao ataque. Já na marca dos 42, o Tigre perdeu Bruno Collaço, que recebeu o cartão vermelho. Em vantagem no campo, os visitantes quase empataram a partida com Rafael Jansen, aos 44.

Depois do intervalo, o Remo aumentou o volume de jogo no setor ofensivo. Felipe Gedoz parou em Georgemy. Enquanto Matheus Oliveira e Neto Pessoa mandaram para fora. Aos 25, Neto apareceu de novo para os visitantes e mais uma vez o goleiro colorado evitou o gol remista.

Pelo lado do Vila Nova, Alesson por pouco não marcou mais um. Na resposta rápida, o Leão voltou a assustar com Victor Andrade. Nos acréscimos, cada equipe ainda teve mais uma oportunidade: Victor Andrade tentou mais uma para os visitantes e Pedro Bambu levou perigo para o Vila. Nas duas tentativas, os goleiros evitaram os gols. No fim, melhor para o time da casa, que saiu de campo com mais três pontos na conta.

O triunfo em casa deixa o Vila Nova com 37 pontos e na 12ª posição. Enquanto Remo ocupa o décimo lugar, com 38 pontos. (com Ascom CBF)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais