Jornal do Brasil

Esportes

Flamengo: Tabet sai pela porta dos fundos

Jornal do Brasil

A crise dentro de campo, com apenas uma vitória nas últimas cinco partidas, distanciamento da liderança no Campeonato Brasileiro e eliminação na Copa Libertadores, atingiu também os bastidores do Flamengo. O contexto político do clube é agravado por se tratar de ano de eleição, e a pressão por mudanças no departamento de futebol só faz aumentar.

Depois de o vice-presidente de Finanças, Cláudio Pracownik, deixar o cargo, ontem foi a vez de Antonio Tabet, responsável por Relações Externas, abandonar o barco. Antes de exercer essa função, Tabet foi vice-presidente de Comunicação entre agosto de 2015 e fevereiro de 2018.

O humorista do “Porta dos Fundos” não deve ser o último a sair, e a diretoria rubro-negra já espera novas perdas nas próximas semanas. O principal alvo da crise interna é o vice de futebol, Ricardo Lomba, candidato da situação nas eleições de dezembro. Mesmo com as conquistas financeiras, a gestão teme a derrota nas urnas caso o clube passe mais um ano sem títulos relevantes.

Criticado pela oscilação depois da Copa do Mundo, Maurício Barbieri é outro motivo de discórdia nos bastidores do Fla. Enquanto Eduardo Bandeira de Mello defende veementemente sua permanência, apoiadores do presidente enxergam a troca no comando técnico como possível salvação da temporada. Com a semana livre para treinos, Barbieri dificilmente resistirá em caso de resultado negativo contra o Atlético-MG, no Maracanã, no próximo domingo.



Recomendadas para você